quarta-feira, dezembro 19, 2007

No auxílio a Mauro Cezar Pereira

Qualquer lugar do mundo, 19 de dezembro de 2007.


Prezado Mauro,

Por mais que a FIFA queira e deseje, ela não tem legitimidade para definir a questão de quem é ou não é campeão do Mundo. A História não muda porque algumas pessoas se reuniram numa sala e votaram que só vale o que elas fizeram. Afinal, o Mundial da FIFA determina o campeão do mundo não por ser da FIFA, mas por ser um torneio consolidado, fruto da idéia de uma maluco que queria fazer de seu clube o campeão do mundo: Sr. Santiago Bernabeu.

Esse visonário idealizou o torneio, convenceu duas confederações a realizá-lo e, o mais importante, fez o mundo encará-lo como a decisão do Mundial de Clubes. A força do torneio é tão forte, que a FIFA fez queda-de-braço contra e perdeu. Isso mesmo: ela encampou a Intercontinental por não ter conseguido derrotá-la. Fez seu Mundial e ninguém, além do Corinthians, deu-lhe importância. Sequer conseguiu realizar a segunda edição, enquanto a Intercontinental seguia determinando o campeão mundial ano após ano.

Agora, a FIFA tenta o segundo golpe: negar aquela derrota, dizendo que não reconhece os títulos anteriores. Pois bem, durante 45 anos, de 1960 até 2004, ninguém precisou dela para saber quem era o campeão mundial. E tampouco se precisa hoje.

Um abraço.

P.S.: o Campeão do Mundo é o Milan, pela quarta vez. E os são-paulinos podem seguir comemorando seu tricampeonato.
---

9 Comments:

Blogger Luiz Portinho said...

Sancho, até quando vcs. vão dar murro em ponta de faca tchê ? Comemora o título de Campeão da Taça Intercontinental, assim como comemoram xeneizes, milaneses, madrileños, camineros, milionários etc etc etc, porque ele também é muito importante. Mas trata de reconhecer os verdadeiros campeões do mundo, legítimos, Corinthians, Sao Paulo, INTERNACIONAL-RS e Milan.

19 dezembro, 2007 23:35  
Blogger Highlander Gremista said...

Sancho, é isso aí. Mandou bem. E nem tem como comparar a tradição da Copa Intercontinental com o Mundial de Clubes da FIFA. Basta ver, que no site oficial do Milan, está “4 COPPA INTERCONTINENTALE”, e não “4 Mundiais de Clubes” (aqui está o link: http://www.acmilan.com/InfoPage.aspx?id=1327). Os maiores times do mundo consideram a Copa Intercontinental como Mundial Interclubes, a história prova que a Copa Intercontinental nasceu para definir o campeão do mundo. Então, não há oficialização no mundo, nem que seja a FIFA, que apagará isso. Futebol não se resume na FIFA, a história do futebol é muito maior. Se o Grêmio não é campeão do mundo pela FIFA, é sim campeão do mundo pela história do futebol, e para mim, isso sim é o mais importante. Saudações.

22 dezembro, 2007 12:31  
Blogger Highlander Gremista said...

E fora que, dizer que o Corinthians é o primeiro campeão mundial (time que jamais sequer chegou a uma final de Libertadores), é uma das maiores sacanagens com a história do futebol. É quererjogar parte da história do Real Madrid de di Stéfano, Santos de Pelé, Bayern de Munich de Beckenbauer, Ajax de Cruyff, , Flamengo de Zico, Grêmio de Renato, São Paulo de Telê e Real Madrid de Zidane no lixo. A nossa sorte é que querer não é poder. Esse tipo de incoerência a FIFA jamais conseguirá fazer com que os outros aceitem, a não ser para aqueles que jamais ganharam a Copa Intercontinental e por inveja tentam desvalorizar os títulos alheios. Saudações.

22 dezembro, 2007 12:32  
Anonymous pinna said...

Ilmo Sr Sanchotene,
Nao podia deixar de agradecer o fato de vocês não tirarem a vaga do Cruzeiro. Confesso que no "finalzinho" andei suando frio, ainda mais que eu era obrigado a mandar uma mensagem "congratulatória"

23 dezembro, 2007 11:48  
Anonymous Anónimo said...

sancho, a geografia não depende da fifa nem da toyota.Como matemática :1 mais um são dois,sem interpretações ao sabor do interesse.Se jogaram 6 campeões continentais(seja qual fórmula for) é óbvio que o campeão disto é campeão mundial e não intercontinental!

12 janeiro, 2008 10:43  
Blogger San Tell d'Euskadi said...

Contradição é seu nome, Anônimo. Você, para dizer que geografia não depende da FIFA, baseia-se na geografia... da FIFA.

O mundo tem, sim, seis continentes, mas não esses que você pensa. São, em realidade, Europa, África, Ásia, Oceania, Antárdida e América.

Assim, para ser mundial, nos teus critérios, apenas um clube da América deveria ir e faltaria um da Antárdida. Pela sua afirmação, enquanto não houver representante do gelo (talvez o Atlético Mineiro), não pode haver mundial, apenas uma intercontinetal inchada.

Por favor, próxima vez que vier falar besteira por aqui, assine.

12 janeiro, 2008 12:43  
Blogger Mauro said...

Caro, você não entendeu o artigo, em momento algum disse ou escrevi que o São Paulo não é tricampeão mundial.
Abs
Mauro Cezar

01 março, 2008 22:19  
Blogger San Tell d'Euskadi said...

Prezado Mauro,

É verdade. Eu escrevi a "Resposta" no calor de um debate com outras pessoas e descontei sobre o seu artigo. Eu o li apenas superficialmente ANTES de comentá-lo. O resultado foi horrível. Só o mantive pelo argumento e como registro de meus próprios erros.

Peço-lhe profundas desculpas. Não se repetirá.

Muito obrigado pela atenção ao meu humilde blogue que quase não tenho tempo para atualizar.

Um abraço e continue com o excelente trabalho,
Paulo Sanchotene

01 março, 2008 22:39  
Anonymous Antunes Flanático said...

Flamengo, Campeão da Taça Libertadores da América e Campeão do Mundo. Fifa? Que p... é essa?

29 julho, 2008 20:21  

Enviar um comentário

<< Home